A ditadura homossexual

11,set,2009 por Georges Nogueira
Militantes na parada gay do último domingo

Militantes na parada gay do último domingo

O último Domingo foi um dia em que a ditadura homossexual se impôs a mim como assunto. Logo pela manhã, deparei-me com a notícia de um “casamento” homossexual ocorrido em Pernambuco. Coisa chique. Cheio de atores globais. Ministrado por um “pastor” de uma certa “Igreja Cristã Inclusiva”. Aqui, peço perdão pelo trocadilho, mas que DIABO de inclusão é essa? Inclusão do pecado e da abominação na igreja? Na matéria do jornal, destaque para a passagem bíblica que deturparam e corromperam para tentar convencer ao resto do mundo de que o Rei Davi, aquele mesmo a quem a Bíblia chama de “homem segundo o coração de Deus”, tinha um caso homossexual com Jônatas, filho de Saul.

Antes de mais nada, creio que não preciso expor mais uma vez a minha opinião acerca do homossexualismo ou dos homossexuais, pois a mesma está mais do que claramente definida no post sobre a questão homossexual, mas não custa reforçar: não odeio a essas pessoas, como não odeio a nenhum pecador, mas odeio o pecado. Eu mesmo peco todos os dias, e como para Deus não há diferença entre um pecado e outro, não sou melhor do que ninguém. O Apóstolo Paulo disse em Rm 3.23:“pois todos pecaram e carecem da glória de Deus”. O problema, neste caso não é o pecado, mas a defesa do pecado. A imposição de algo que não é natural. Uma cooisa é uma pessoa cometer erros. Outra bem diferente é empurrar “guela abaixo” do resto do mundo que o erro é o correto.

Voltemos ao à deturpação vergonhosa da passagem bíblica utilizada pelos homossexuais militantes em defesa do pecado:

“Sucedeu que, acabando Davi de falar com Saul, a alma de Jônatas se ligou com a de Davi; e Jônatas o amou como à sua própria alma” (1Sm 18:1).

Alegam os militantes do pecado, que esta passagem indicaria um “amor homossexual” entre Davi e Jônatas. É uma heresia antiga. Já na década de 1970 surgiram vários livros heréticos sugerindo a mesma coisa. E sim, é verdade. Jônatas amou a Davi. Assim como Saul amou a Davi (1Sm 16:21). Assim como todo o Israel e Judá amavam a Davi (1Sm 18:16). Mical também amava a Davi (1Sm 18:20,28). A se julgar correta a pretensão dos militantes da causa homossexual, Davi não teria feito outra coisa em vida, que não dormir com todos os homens e mulheres de Israel e Judá. Ao contrário, a bíblia não afirma tal coisa, e não seria possível que aquele que é conhecido como o homem segundo o coração de Deus se entregasse a tais abominações. Ademais, quem se utiliza desta passagem para perverter a Verdade do Evangelho, não pode jamais agir por ignorância. Age, sempre, se utilizando de flagrante má-fé.

Porque é que para aqueles este versículo seria válido, confirmando uma permissão inexistente de Deus para o pecado horrendo do homossexualismo, mas os outros todos que tratam esse pecado como ele realmente é não teriam a mesma validade? Por hora, ficaremos apenas na refutação desta heresia sobre este trecho em particular. Deixarei a cargo do rabino Henry I. Sobel, da Congregação Israelita Paulista:

“O íntimo relacionamento entre Jônatas e Davi é visto na Bíblia como um modelo de amizade. Em nenhum lugar das Escrituras se encontra referência a uma ligação homossexual entre eles. O versículo normalmente citado para justificar o homossexualismo é aquele em que Davi chora a morte de Jônatas, dizendo: ‘Teu amor me era mais precioso que o amor das mulheres’ (2 Sm 1.26). É importante observar, entretanto, que a palavra hebraica ahavá não significa apenas amor no sentido conjugal/sexual, mas também no sentido paternal (‘Isaque gostava de Esaú’, em Gn 25.28), no sentido de amizade ( ‘Saul afeiçoou-se a Davi’, em 1 Sm 16.21), no sentido de amor a Deus (‘Amarás o Senhor, teu Deus’, em Dt 6.5) e no sentido de amor ao próximo (‘Amarás o próximo como a ti mesmo’, em Lv 19.18). Em todos estes exemplos, o verbo usado na Torá (a Bíblia hebraica) é ahavá. É por razão lingüística — e não por falso pudor — que a maioria das traduções bíblicas cita 1 Samuel 1.26 ‘Tua amizade me era mais preciosa que o amor das mulheres’.”

Além de tão estranha notícia, que trata do que aos olhos de Deus não pode ser senão uma abominação e motivo de condenação como se fora um casamento de verdade, celebrado por um pastor de verdade, de uma igreja de verdade, este mesmo Domingo foi também o dia da 13ª “parada gay” na minha cidade. Acabei sendo forçado a presenciar parte da tal parada, pois o local onde a encerraram fica justamente no meu trajeto de casa para a Igreja onde congrego.  Apesar de ter presenciado cenas terríveis de travestis nus e semi-nus abordando carros ao longo da avenida por onde passei e de ter presenciado a quantidade enorme de lixo que foi depositada pelos participantes da mesma nas ruas, até aí respeito a opção de cada um fazer o que quiser de sua própria vida. Ora, se nem mesmo o próprio Deus jamais obrigou alguém a servi-lo, não serei eu a fazê-lo.

Mas aí mesmo é que reside o princípio da ditadura homossexual à qual me referi no título deste post. Minha filha de quatro anos é obrigada a presenciar a deprimente cena de travestis nus pelas ruas, mas eu não posso ser contra a prática do homossexualismo? Já houve a muito divulgada iniciativa de se aprovar a medonha lei contra o que resolveram chamar de “homofobia”, uma lei que AMORDAÇA a sociedade, tratando como se fosse preconceito criticar e se colocar contra a prática homossexual. Quantas vezes já disse que não os odeio? Concordo que qualquer um que pregue que qualquer ser humano tenha de ser morto ou mesmo agredido deve ser punido, mas para isso já existem leis. Não sou obrigado e não irei negar minha fé para achar que é normal o que não é. Mesmo que seja obrigado por lei. A Palavra do Senhor diz que antes importa obedecer a Deus do que aos homens.

A Psicóloga Rozângela Alves Justino foi repreendida pelo Conselho Federal de Psicologia por recuperar alguns homossexuais. Podemos daí depreender então que Qualquer pessoa é livre para se tornar homossexual, mas ninguém pode deixar de sê-lo? Em sua entrevista às páginas amarelas da revista Veja, a psicóloga demonstra claramente que a censura não se deu por ela ter cometido qualquer tipo de prática incorreta ou equivocada, mas simplesmente pelo fato do referido conselho abrigar vários membros homossexuais que neste caso, a despeito da verdade, da ciência ou da importância da vida e do bem-estar de terceiros militaram em causa própria, defendendo seus interesses pessoais.

Há duas semanas, me deparei com um artigo na Wikipédia, a tão famosa “enciclopédia livre”, que defendia que a Bíblia Sagrada não só permite, mas incentiva o homossexualismo. A propagenda da Wikipédia se baseia sempre no fato de ser a mesma “livre” e de poder ser “editada por qualquer um”. Essa informação consta mesmo das regras de utilização do site. Quando ousei fazer algumas modificações no texto, que muito mais que um mero artigo constitui verdadeiro libelo em defesa da prática homossexual dentro das igrejas, qual não foi minha surpresa ao constatar que menos de um minuto o que eu escrevi foi apagado do tal “artigo”. Quando insisti na modificação, o artigo foi bloqueado por um “operador” da Wikipédia, que me acusava de vandalismo. Essa é a prática recorrente dos militantes defensores do homossexualismo. Não é respeito nem aceitação o que procuram. Querem obrigar o mundo a pensar como eles pensam. Querem censurar qualquer manifestação contrária aos seus interesses comezinhos e pecaminosos. Que o Senhor nos ajude na luta contra essa ditadura medonha que nos ameaça.

31 Comentários para " A ditadura homossexual "

  1. Dorricom disse:

    Concordo com você em gênero, número e grau, quando diz que o nosso direito de ser contra a propaganda é bloqueado, na constituição diz que todos somos iguais, e que, também temos o direito de defender nossas opiniões…. não vi nada de “homofobia” no seu texto, e nenhuma falta de respeito com os praticantes da homossexualidade.
    Creio que na defesa acirrada pela busca de respeito aos homossexuais, esta realmente ocorrendo uma ditadura e estamos sendo obrigados a aceitar algo que não queremos, com o medo de se não acatarmos seremos punidos.
    A tão hedionda lei da “homofobia” é altamente inconstitucional, pois, se um pastor e/ou padre, ou qualquer sacerdote religioso, não concordar em realizar um casamento homossexual poderá ser preso e até a sua igreja fechada… e não interessa se esse casamento fere ou não os estatutos da igreja…….

    creio que devemos sim respeitar os homossexuais, mas acima de tudo defender o direito, nosso e dos outros, de ser a favor ou contra, e também o direito de divulgar essa opinião……

    • Eros disse:

      Dizer sobre qualquer coisa é simples demais, mas quando se vive é totalmente diferente.
      Desde que me entendo sexualmente falando sou homosexual e já orei, fiz campanhas de oração, subi montes, pedi oração a varias outras pessoas. Por tentar viver uma vida de “santidade”, me neguei ao maximo, tanto que perdi a virgindade com 27 anos. nunca namorei com mulher pois não acho justo nem comigo forçar uma barra e nem com a pessoa. Odeio traição e não acho certo estar com uma pessoa só pra aparentar uma imagem que não existe. Enfin, lutei minha vida toda e não consegui a tal libertação. Sinceramente hoje penso que perdi muito tempo. Nunca quiz ser isso mas cansei de tanto lutar por uma coisa que sinseramente não sei se vou conseguir alcançar. Gostaria muito de ser hetero pois é muito mais fácil. O preconceito torna essa vida muito mais dificil.
      Bom penso tantas coisas agora. Se isso for uma influencia maligna porque Deus que é infinitamente maior não sessa essa maldição. Tentei viver uma vida direita na igreja mas os prórpios membros especulavam mil coisas que eu não fazia. Sinnceramente cansei da estrutura igreja. Creio em Deus e se Ele quizer Ele vai me libertar de forma tranquila. Cansei de buscar coisas que não consigo palpar e nem enxergar. Nunca tive retorno.
      Se Deus quizer me libertar eu vou ser muito grato, mas não busco mais por isso.
      Já conversei com várias pessoas e a maioria tem histórias parecidas com a minha.

      Grande abraço em todos vocês

  2. Isaias disse:

    Concordo que o que os homossexuais estão fazendo é pura ditadura. Concordo também que muitas vezes somos expostos juntamente com nossos filhos à nudez dos homossexuais, bem como a sociedade. Achei interessantíssimo a colocação do Rabino Henry Sobel no que diz: “palavra hebraica ahavá não significa apenas amor no sentido conjugal/sexual, mas também no sentido paternal (‘Isaque gostava de Esaú’, em Gn 25.28), no sentido de amizade ( ‘Saul afeiçoou-se a Davi’, em 1 Sm 16.21), no sentido de amor a Deus (‘Amarás o Senhor, teu Deus’, em Dt 6.5) e no sentido de amor ao próximo (‘Amarás o próximo como a ti mesmo’, em Lv 19.18). Em todos estes exemplos, o verbo usado na Torá (a Bíblia hebraica) é ahavá.”

  3. Meuris Junior disse:

    É meu amado…. e eu tu não deixou nada para eu comentar ? pois penso igualzinho a ti!!! as provas são cabais dentro da palavra de DEUS, então o que nós defendemos não é meramente uma opinião mais a verdade Bíblica, só me resta dizer aos Crentes em Cristo Jesus, que o grupo de pessoas citadas dizem que saíram do armário, e nós???? Bom vamos deixar de melindrosidade e proclamar a verdade bíblica, e assim sair de cima do muro!!!! Não é o que eles dizem defender ??? Ou será que é uma ditadura encoberta??? Onde o que há é a promoção, única e exclusivamente a homossexualidade??? E aí ! não são direitos iguais??? ENTÃO É UM DIREITO MEU ORIENTAR MEU FILHO,MINHAS FILHAS, MEUS SOBRINHOS ETC… s serem cidadãos Héteros.

    NÃO AO RACISMO !!!! SIM !!!! AO DIREITO DE EXPRESSÃO

    Que o Deus de Paz, nos oriente e que nós tenhamos mais coragem e proclamar o reino de DEUS PAI, DEUS FILHO E DEUS ESPIRITO.

    A paz do Senhor

  4. Janaina disse:

    Sou homossexual meu nome é Janaina e me interessei muito neste artigo…Venho dizer quer muitos e grande parte até usam da filosofia de vida Homossexual para questões deturbadas e promiscuas,isso me fere e me frusta muito.Mas o que mais importa a mim é o respeito e livre arbitrio pois todos somos pecadores,e pecado para mim é algo que sinto de minha consciencia e diante do meu intimo ser pecado,NÃO é a lei do homem e Deus fala amar de todo seu coração…Amor pra mim é pureza e amar um igual é ser puro se caso for…Peço a atenção sobre a DITADURA concordo também,pois como existe os simpatizantes existe tambem as pessoas que não são obrigadas a aceitar e muito menos conviver mas são obrigados a respeitar!
    Irmãos se assim posso dizer,peço paciência pois o fim como diz no Evangelho o Apocalipice esta proximo…E iremos retornar a nossa origem,e todos terão os seus julgamentos.Portanto sim homofobia é crime de acordo com os homens mas sendo justos de coração não aceitem a situação de IMPOSIÇÃO mas aceitem que quer…Mas tambem não acho justo a criminalidade de certos homofobicos em matar ou judiar de um homossexual acho que foi por isso que criaram a lei.
    Obrigado pelo espaço e espero que fique registrado aqui a minha opinião sobre o assunto e que não seja excluido ou bloqueado.

    • Janaína, como eu repeti diversas vezes, Nosso Senhor ordena que amemos a todos! De maneira nenhuma eu excluiria ou bloquearia uma resposta sincera e corajosa como foi a sua. Repito a você: não aprovo o pecado do homossexualismo e orarei para que O Espírito Santo do Senhor lhe convença de que esse é um caminho errado e que você possa então deixá-lo. Enquanto isso não acontece, sempre que quiser ou precisar, este blog está à sua disposição para esclarecer qualquer assunto relacionado ao Evangelho. Que o Senhor a abençoe!

  5. Oi, Palavra que liberta. Gostei muito de seu artigo. Muito apropriado e bíblico. Como me dei à liberdade de enviar até você a MENSAGEM DE FIM DE SEMANA, por favor, gostaria de ter sempre o(s) post(s) da semana. Por favor, gostaria de saber como é seu nome. Eu, você já sabe, sou o Pastor Luiz Flor. Sou pastor por chamado e profissão. Escrevo alguns poemas e, por isso estou sujeito à crítica, isto é, alguns gostarão outros não. Sou pastor em São Gonçalo do Amarante, Ceará na Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida. Já estou no ministério pastoral há cerca de oito anos depois de formado e alguns poucos outros anos antes de formado. Sou casado e tenho tres filhos. Mantenho dois blogs. Um destinado a poemas exclusivamente (www.poesiadegraca.blogspot.com) e o outro a poemas e sermões que prego em minha igreja (www.pulpito.blog.terra.com.br) .

    Um abraço.

    Luiz Flor.

  6. Paulo de Tarso disse:

    Graça e Paz!

    Salvo engano, a palavra do amor de Jonatas por Davi, em grego é phileo (amor de amigos) e não eros (amor carnal).Smj

  7. Glemerson Alves disse:

    Ou Georges essa resposta ao Paulo (nome de apóstolo) de Tarso foi demais, mais quanto ao referido texto, essa anarquia humana sempre vai propôr por meio da Palavra argumentos que deêm razão a sua existência profana.

  8. Marcos disse:

    Welcome to the jungle!!!!

    O homossexualismo e fruto da desestruturas que ocorrem em nossa sociedade. E cada vez mais uma das bases da sociedade que é a família está em ruinas. A consequência disto não e só o homossexualismo mas também a violência, os jovens no trafico, gravides na adolescencia e …
    Você poderia ter falar de vários assuntos que tem a mesma origem mas acho que preferiu o Homossexualismo justamente porque é o mais polêmico! Tipo ,parece blog em declinio querendo chamar a atenção. Marketing!!!
    Esta fazendo igual aos Valadão em declinio se unem até a catolicos. Marketing comercial !!!

    Sujo falando do mal lavado. Qual seria a diferença? Nenhuma é tudo sujo mesmo.

    • Caro Marcos:
      Desculpe se não o consultei antes de decidir o que postar em meu blog.

      Adiferença é que eu estou pregando o Evangelho, os valadão estão apostatando da fé se vendendo aos católicos, e você não está fazendo nada além de reclamar de tudo.
      Que Deus possa te consolar.
      Georges Nogueira.

  9. Marcos disse:

    Welcome to the Jungle 2

    Não desculpo!
    Não estou reclamando de tudo! Se estivesse deixaria um comentário em cada post seu.
    Infelizmente não entendeu nada. Simplismente fiz uma comparação do seu oportunismo em fazer um post polêmico e os Valadão de se aliançarem a uma outra corrente cristã, por puro oportunismo também.
    Eles não se venderam ! Eles não se apostataram.

    Bussines… Bussines …

    Não preciso de alíviado.

    Marcos Braga

    • Sr. Marcos:
      Se não pode me desculpar por escrever o que bem entendo em meu blog, você terá de conviver com isso. Não leve para o lado pessoal. Apenas postei uma posição cristã a respeito do homossexualismo. Se você não quer deixar de ser homossexual é um direito seu. Não posso te obrigar a nada. Apenas entenda que o homossexualismo é pecado e não agrada a Deus. Orarei pela sua libertação.
      Quanto ao seu oportunismo de se utilizar de meu blog para escrever as baboseiras que você quiser, pode se tranquilizar também. Não vou mais publicar nenhum. Sequer tomarei conhecimento deles.
      E os Valadão não se aliaram a nenhuma corrente cristã. Eles se venderam aos idólatras pagãos e agora ficam mandando os homossexuais membros de seu fã clube aos blogs que denunciam a apostasia deles para enfernizarem a quem os denuncia.
      Que Deus possa te libertar da escravidão e lhe abrir os olhos.

  10. Marcos disse:

    Georges

    Convivo com qualquer coisa sou totalmente adaptavél!
    Não levei pro lado pessoal em hipotese alguma!
    Não sou homossexual! E não tenho nenhum preconceito!
    Não fui oportunista. Encontrei o blog por acaso porque falava algo que me interessava (SNT) e fui conhece lo !
    Não fui desrespeitoso em nenhum momento com vc! A ponto de vc não aceitar meus comentarios. Isso sim é Ditadura. Totalitarismo.
    Não faço parte dos homossexuais dos fã clube dos Valadão. Ninguem manda em mim!
    Sou livre e meus olhos estão abertos.

    Marcos Braga !

  11. Marcos disse:

    Sr. GEORGES!!!!!!!!!!!!!!!!

    POR GENTILEZA! APAGUE OS COMENTARIOS QUE FIZ NESTE BLOG!!!!

    Voce só coloca os comentarios que são do seu interresse.
    Aceite outros pontos de vista ! Seu egocentrico.
    Mais uma vez te peço:

    POR GENTILEZA! APAGUE OS COMENTARIOS QUE FIZ NESTE BLOG!!!!

    Marcos Braga.

  12. ZÉ NINGUÉM disse:

    Você é gay nao é?Só pode ser.Deus não condena nada,e a bíblia(livro maldito),não deve ser levada em consideração.Esse livro de divino não tem nada,foi escrito pelos homens,para dominar outros homens.A biblia é o livro mais profano da história.Quem a segue,deveria ser queimado na fogueira,como faziam os católicos a pouquissimo tempo atrás.

    • Georges Nogueira disse:

      Caro comentarista anônimo e obtuso:
      Com toda a certeza você não entende que a Constituição permite a livre expressão, mas veda o anonimato. Também não deve ter lido a política de uso do site. O que não faria diferença, pois alguém que se porta como você não conseguiria entender regras de conduta civilizadas.
      Mesmo assim, publiquei seu comentário, porque dessa forma posso mostrar ao mundo que tipo de gente apoia a ditadura homossexual.
      Homossexuais raivosos, agressivos e desequilibrados como você só conseguem depor contra a própria causa.
      Se algum dia for capaz de portar como homem, com decência, volte aqui para discordar de mim. Caso contrário, suas demais manifestações de ignorância e estupidez serão, como devem, solenemente ignoradas, devido à insignificância de suas opiniões.
      Que Deus possa lhe ajudar.
      Leia a Bíblia!

    • Olivar Alves disse:

      A Bíblia incomoda mesmo. Incomoda todo tipo de pecador. Inclusive eu. Tantas vezes fiquei com vontade de rasgá-la porque ela me despedaçou no orgulho. Tantas vezes quis deixá-la de lado, mas, não tive forças, não para deixá-la, mas, por te-la deixado. Entendi que que tudo isso acontecia comigo porque sou filho de Deus, e quem é filho Dele lhe ouve as palavras.
      Caro gay anônimo, espero em Deus que você saia não do armário, mas, da armação pecaminosa que Satanás lhe montou. Que a luz de Cristo brilhe em seus olhos e você possa ver que a vida tem mais brilho do que o brilho das lantejoulas e purpurinas.
      Olivar

  13. Olivar Alves disse:

    Dizer que seu artigo é excelente parece bajulação, mas, eu o faço assim mesmo. Parabéns.
    Agora essa questão com a tal “wikepédia livre” precisa ser mais divulgada. Coisa nojenta essa atitude deles.

    Olivar

  14. Thiago(Zé Ninguém) disse:

    Bem,uma pena,que use a religião,para fazer argumentos,você se afunda ai.E não se preocupe,não irei mais perder meu tempo em seu blog,só tome cuidado,em breve a homofobia será crime federal,e quero ver o senhor se manifestar: O SEU DIREITO TERMINA,QUANDO COMEÇA O DO PRÓXIMO.

    E meu caro OLivar Alves,você só demonstra que está por fora do que é ser gay.Meu mundo e nem o da maioria dos homossexuais está sob lantejoulas e purpurinas,somos homens,honestos e trabalhadores.Esse gays “purpurinados” que vemos na mídia,representam apenas uma pequena parcela da população homossexual brasileira.

    Um Abraço,e até….. nunca mais.

    • Georges Nogueira disse:

      Que bom que resolveu tomar uma atitude quase decente e colocar seu nome e email desta vez.
      Quanto a suas ameaças infantis, não me faça rir!
      Nunca ataquei a integridade física de nnenhum homossexual, nem defendi qualquer violência contra eles, mas, com lei ou sem lei, vou continuar mostrando ao mundo que o homossexualismo é uma prática abominável aos olhos de Deus. Sua manifestação eivada de ignorância e agressividade somente comprova o que eu disse no título do Artigo. Se o Sr. soubesse interpretar minimamente os textos que lê, eu lhe daria uma aula sobre constitucionalidade. É inconstitucional impedir minha manifestação de pensamento. É incondicional violar minha liberdade de culto. E o que vocês homossexuais militantes raivosos e ignorantes querem é isso. Impedir que as pessoas tenham opinião. É muito triste que seu caráter seja tão deturpado.
      Por fim, mesmo que um dia eu não possa me manifestar legalmente, continuarei fazendo. Não tenho medo de você, não tenho medo de nenhum outro militante da ditadura gay.
      Farei minha parte como cristao, e orarei ao Senhor para que o liberte dessa vida de pecados e abominações. Espero no Senhor que um dia você seja liberto da condição medonha na qual se encontra!

    • Olivar Alves disse:

      Correndo o risco de não ser lido pelo tal “Zé ninguém”, eu digo:
      Crime Federal! Sim, essa lei também me favorecerá, não por ser gay, mas, por ser cristão. Se eu for tolhido no meu direito de expressar também estarei sendo vítima da homofobia. Estão vendo só o que é que dá um governo burro meter o nariz onde não é da competência dele? A Constituição já prevê plenos direitos aos cidadãos de qualquer estirpe. Mas, a comunidade gay que não se contenta com nada está por ver a sua tão sonhada lei ser um tiro que sairá pela culatra.
      Se me tolherem em minha fé, isso também é homofobia!
      Bem, quanto a estar por fora, estou mesmo. Não sou gay e não conheço esses meandros sórdidos e baixos.
      Por fim, não estamos usando a religião para fins escusos. Já vocês gays usam as leis para tais fins.
      Olivar

  15. A meu ver, estão tentanto implantar uma ditadura homossexual no Brasil. Mesmo estando num país democrático, você será obrigado a gostar de homossexuais, sob pena de ser tachado de homófobo, ou homofóbico. O tal Kit Gay, que queriam implantar nas escolas primárias é prova disso. O assassinato de uma pessoa é crime de homicídio doloso ou culposo conforme o caso, nao importa a raça, condição social ou econômica da vítima. Querer especificar um homicídio homofóbico é bobagem da grossa. Daqui a pouco tentarão mudar no nome do nosso país para República Pederasta do Brasil.

  16. SOBRE A TAL HOMOFOBIA

    Imaginemos alguém que não simpatiza com nisseis e sanseis, mas apenas não simpatiza, não destila ódio figadal ou mesmo qualquer outro sentimento negativo pelos descendentes dos passageiros do Kasato Maru que aqui aportaram no longínquo 1.908 e outros que os sucederam. Será correto rotular essa pessoa de nipófoba, ou algo que o valha ? Claro que não. De igual modo sinófoba em relação aos descendentes de chineses, teutófoba em relação aos descendentes de alemães, e assim adiante. Da mesma forma não é apropriado chamar de homófobo ou homofóbico alguém pelo simples fato de não achar concordar com a tal união homo-afetiva, por exemplo. Correto sim, é chamar de homófobos aqueles tais Skin Heads, pitboys ou outras maltas de arruaceiros sem qualquer utilidade para a nossa sociedade, que espancam e assassinam covardemente homossexuais motivados tão-somente pelo sentimento menor e repulsivo de ódio a um grupo; e, num nível menor, e bem menor, os que discriminam os homossexuais em decorrência de sua opção sexual, como não aceitar um profissional liberal, autônomo, ou mesmo funcionário de uma empresa por motivação de ordem sexual. Homofóbico, no lugar de homófobo, é palavra introduzida no linguajar do dia-a-dia através de um Big Brother Brasil, que, convenhamos, não é um programa destinado a enriquecer ninguém culturalmente, nem é integrado por personagens dignos de serem formadores de opinião. É exagerado chamar de homófobo ou homofóbico um deputado que tem voz legítima no congresso nacional e não concorda que se alardeie o tal kit gay nas escolas primárias. Chamar de homófobo ou homofóbico por motivos menores alguém que não mostra qualquer disposição de violência ou mesmo oposição pessoal radical contra os gays me parece um expediente típico com o fim de inspirar comiseração, de quem se coloca como oprimido e por conseguinte tacha o que pensa de maneira diferente de opressor. Se considerarmos correta a pecha de homófobo sempre que assim o desejarem os gays, seus simpatizantes ou aqueles que assim desejam parecer, por motivos diversos, inclusive como meio de angariar simpatia para fins eleiçoeiros, poderíamos chamar de heterófobos os novelistas da Globo que já há algum tempo tentam nos incutir sutilmente as idéias de que o homossexual é bom e o heterossexual é mau; que o gay é inteligente, e o hétero é limitado intelectualmente; que o gay é finesse, e o hétero é brucutu; que quando um hétero fala errado tem um gay por perto para o corrigir; que o gay sempre é bom-caráter, e o hétero precisa de aconselhamento de um homossexual para ter comportamento ético.

  17. André Brum disse:

    E sim, é verdade. Jônatas amou a Davi. Assim como Saul amou a Davi (1Sm 16:21). Assim como todo o Israel e Judá amavam a Davi (1Sm 18:16). Mical também amava a Davi (1Sm 18:20,28). A se julgar correta a pretensão dos militantes da causa homossexual, Davi não teria feito outra coisa em vida, que não dormir com todos os homens e mulheres de Israel e Judá.

    Não vou nem falar da sua lucidez, tampouco, das colocações pertinentes e oportunas. Mas que a leitura originou uma surpreendente e deliciosa gargalhada…

    Muito bem colocado, abençoado!
    A paz do Senhor Jesus esteja contigo!

  18. Olivar Alves disse:

    Boa André,
    Suas observações sobre Davi estão corretas.

  19. Frankmar Corrêa disse:

    Homossexualismo é um pecado e é reprovado por Deus.
    Jesus ensinou que Deus fez a União entre um Homem e uma a mulher no Casamento(Mateus 10:6-9).
    O Novo Testamento é claro ao ensinar que o Homossexualismo é pecado(Romanos 1:24-27) e ensinar que os Homossexuais Não herdarão o Reino de Deus(1 Coríntios 6:9,10).
    Como tenho ideologia Cristã Ortodoxa eu sempre serei Contra as Praticas Homossexuais,pois o Homossexualismo
    é Proibido por Deus.

  20. Estevan disse:

    Ótimo texto!
    Garimpei o na internet em virtude da leitura da reportagem de capa da Super Interessante do mês de junho de 2012, a saber:
    “A BÍBLIA QUE VOCÊ NUNCA LEU: Pena de morte. Sacrifícios, Palmadas nas crianças. Sexo e bebedeiras. Conheça outro lado do Livro Sagrado.”
    Minha esposa comprou a revista para ver o quê o mundo secular iria falar a respeito. Sabíamos que a reportagem seria viesada e que tocaria na questão de Davi e Jônatas. Fiquei perplexo com a falta de sutileza da mesma. Não citam a versão que utilizam (provavelmente a católica) e em alguns trechos nem ao menos onde está escrito no texto. Em sua página 51 afirmam categoricamente que “Jonatã tira todas as roupas, entrega a Davi e se deita com ele”.
    Realmente estamos chegando aos últimos dias e o Amor está se esfriando. As Igrejas verdadeiras são poucas e a apostasia reina solta. Cabe a nós orar e entrar na presença de Deus para não nos contaminarmos com este mundo, pois o fim está próximo! Eu com meu bebezinho de um ano estou apavorado com as coisas que estão acontecendo … eu e minha esposa pedimos a direção a Deus para que não venhamos a perde-lo para este mundo tenebroso. E graças damos a Ele quando comentam que nosso filho, em tenra idade, é amorosíssimo e simpático! É Deus nas nossas vidas!
    Entretanto, a sutileza do DIABO é tamanha que até nisso ele tenta mudar o foco … semana passada passou na reportagem principal no TELEDOMINGO (Estado do Rio Grande do Sul) uma reportagem sobre crianças INDIGO e CRISTAL … a amorosidade do meu filho seria o resultado do “elevado espírito” que ele tem e não de sua criação afetuosa baseada em princípios cristãos!
    Esta DITADURA DO BIADO é tamanha que acabamos nos retraindo vivendo uma vida cristã de banco de igreja e apostando da fé! É salutar estarmos sabendo o que estão difamando na mídia a respeito do Evangelho e tudo o mais para que sirva até como estratégia de evangelismo.
    Prezado Georges Nogueira ainda não li seu perfil não sei se é Pastor ou sei lá…
    Fica minha opinião … é óbvio que como moderador não publicarás tudo o que recebe de postagens, mas achei um pouco deselegante da tua parte a forma como tratou alguns questionamentos na tua página. Se amamos o pecador, por mais que odiemos o pecado, devemos ser amorosos também em nossas respostas.
    Digo isso porque dentre tantos e tantos pecados sujos que pratico (até mesmo em pensamento) sou uma pessoa iradíssima e explosiva! Devo amar meu filho e o amo tremendamente, mas seu choro quando quero dormir é fogo…
    Chega de desabafo!
    Parabéns pelo artigo e pela coragem! Precisamos nos munir destes assuntos para não sermos amordaçados pelas DITADURAS DE SATANÁS!

  21. Olá, Estevan!
    Quanto ao seu questionamento sobre eu ter tratado a alguns questionamentos de maneira deselegante, gostaria que você fosse mais específico. Sobre quais questionamentos você está falando?
    Alguns comentários respondo com a rispedez necessária. Mas posso ter errado e exagerdo em outras, por que ainda não sou perfeito. Me mostre quais são os comentários de que está falando para que eu saiba se preciso ou não corrigir algo que eu tenha dito.
    No mais, que Deus abençoe fartamente a você e à sua família.


Deixe um comentário

Para garantir a publicação de seu comentário, respeite nossa política de uso que você pode conhecer clicando aqui.

Antes de nos dizer que não podemos julgar, clique aqui e descubra que não só podemos como devemos.

XHTML: Você pode usar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>