O cristão e a pirataria

01,ago,2009 por Georges Nogueira
408952882_3610843a28

“Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça e os seus aposentos, sem direito! Que se vale do serviço do seu próximo, sem paga, e não lhe dá o salário.” (Jr. 22:13)

A pirataria é roubo, e, portanto, deve ser evitada pelo cristão, por ser abominável para Deus. A citação bíblica utilizada no último post serve também aqui, pois os roubadores não herdarão o reino de Deus.

Exercendo meu antigo ofício de programador, já trabalhei para diversas empresas que se utilizavam exclusivamente de programas piratas para tudo, mas que caso tivessem um programa produzido por elas pirateado, certamente estariam na bancarrota.  Hipocrisia mortal.

Em tempos de tanta faciliade tecnológica, a pirataria se tornou uma praga. Sirvo também de testemunho vivo neste caso, pois até bem pouco tempo me gabava de possuir Terabytes de filmes e seriados que eu havia baixado de sites na internet. Mesmo tendo o pacote completo da melhor tv por satélite, eu preferia baixar da internet, para ver na hora que quisesse, ou assistir a uma temporada inteira de uma vez. Durante um tempo, cheguei a ser “uploader” de um grande site de compartilhamento de arquivos. Isso para não falar dos programas de computador que possuía. De editores de áudio e vídeo, passando por sistemas operacionais e pacotes de escritório, não importava a utilidade que esses programas teriam, ou a dificuldade em consegui-los. O importante era ter para exibir.

A característica mais marcante dos consumidores de pirataria, sem dúvida é o egoísmo, o egocentrismo. Pergunte a um deles o que ele faria se ao final de um mês inteiro  não recebesse nem um centavo pelo seu trabalho. Para se apropriarem do pão alheio, contudo, são cheios de truques e argumentos fajutos como: “A indústria fonográfica é que enriquece” ou: “trinta reáu é dinheiro demais num cedêzinho”.

Ora, se o preço do CD é dinheiro demais para você, isso quer dizer que você não pode ter o CD. É mais digno, é mais honesto, é mais decente, é cristão.

A experiência com o Evangelho do Senhor realmente transforma. Se venho a público condenar uma postura que sei estar errada, é porque me corrigi. Não possuo hoje nenhum vídeo ou programapirata, e neste momento digito este post de uma versão registrada de sistema operacional. Me retirei de todos os sites e comunidades das quais participava com o intuito de trocar arquivos e programas sem pagar pelos direitos autorais. Tenho, desta forma, autoridade moral para criticar a prática, pois a conheço e dela me libertei por amor à palavra de Deus. Ser cristão é principalmente honrar ao Senhor com seu comportamento diário.

Não é possível entender o descaramento de alguns sites de “Download Gospel” e seus frequentadores. Se dizendo cristãos, valendo-se de subterfúgios e até alegando que sua pirataria serve para “Levar a palavra”, são motivo de escândalo para a boa nova do evangelho.Que o Senhor tenha misericórdia deles.

Trackbacks/Pingbacks para este artigo

  1. O cristão, a pirataria, a ignorância e a malandragem | A Palavra que Liberta

10 Comentários para " O cristão e a pirataria "

  1. Cynthia Nogueira disse:

    Até pouco tempo atrás, acompanhava um blog repleto de música e filmes cristãos, habilmente disponibilizados para serem baixados.
    Diversas pessoas postavam comentários agradecendo ao proprietário do site por disponibilizar tal conteúdo, pois a argumentação de alguns era que ” não tenho dinheiro para comprar”, “na minha cidade não se encontra esse CD.” Absurdo! Safadeza!
    Me coloquei contra atitude do autor do blog, admoestando, alertando, mas fui achincalhada pelos membros do blog, onde me apontaram o dedo dizendo que eu era quem pecava porque falava do pecado alheio!
    Me entristece tal atitude. A pirataria ainda que não fosse um crime é desonesta, prejudica o trabalho de outrem, não deixa de ser roubo.
    O cristão não está adstrito a cumprir tudo o que está em lei, como também não depende exclusivamente dela para cumprir o que é moral. A moral cristã excede a moral do mundo.
    Nâo podemos esquecer que a pirataria atinge também outros produtos, como bolsas, sapatos, roupas, maquiagem, comésticos, relógios, carteiras….tudo que que não for original deve ser descartado.
    Se não pode usar um produto de grife use um produto comum.
    Até porque tudo que cerca esses conceitos é pura vaidade.

  2. Nivaldo c. vieira disse:

    eu tenho serteza que , quem compra cd ou dvd piratas eu um crente , porque um cristão não compra mesmo, um cristão é quem segue a cristo, e o Senhor Jesus não andou enganando e falcificando nada; mais eu tenho um recado para estes crentes sem vergonha , continue comprando cd, ou dvd piratas porque se voce morrer sendo ladrão sendo bandido, pois o crente que compra estes produtos é ladrão, pois bem siga este caminho que o inferno te espera, crente bandido traidor do Senhor.

  3. Antonio Carmino disse:

    Não pretendo julgar a ninguém, mesmo porque cada um é que sabe de sua vida. Mas todos que já acessaram esse site e condenaram a pirataria, será que podem dizer que o sistema operacional de seus micros, seus anti-virus e todos os demais programas que “rodam” em suas máquinas são originais? Tudo que possuem em casa (Televisão, celulares, video-games, etc) possuem Notas Fiscais?

  4. Alex disse:

    Caro ANTONIO CARMINO, Meu Sistema Operacional é Linux, meu anti-virus é o Clamav, os programas que uso são da bilbioteca de Softwares do Ubuntu ou Debian, as musicas que tenho são copias de Cd’s que tenho ou de bandas que liberam seus trabalhos na internet. E não me lembro de algo de valor que possuo sem nota fiscal. Já baixei muito filmes, musicas e programas piratas, mas tomei conciencia do meu crime, não dá pra obedecer todas as recomendações da biblia muitas por falta de esclarecimento meu em interpreta-las, mas quando tomamos conciencia de algo erado que fazemos, ainda mais com tanta frequencia como no meu caso, ouvir musica, usar o computador e assistir filmes, eu decidi abrir mão do tudo de graça, por apenas o que eu posso pagar…

  5. Emanoel disse:

    Estamos certo de que a pirataria é uma desgraça, pois milhões de reais em impostos são sonegados, artistas são prejudicados, pais de famílias são desempregados, sem se falar no que está sendo mantido pela pirataria, o crime organizado.O que mais doi é saber que muitas igrejas por ai estão usando dvds piratas em suas reuniões. A palavra de Deus é enfática em:( HC 2.9). Não adotemos a postura do Nivaldo Vieira, mais oremos pelos que se dão a pirataria.

  6. Fabio disse:

    Meus amados irmãos quando vamos falar de algum assunto e expressar alguma opinião, é prudente que nós pesquisemos acerca do mesmo mais profundamente. A Lei brasileira é bem clara ao considerar quem vende, expõe à venda, aluga, introduz no País, adquire, oculta, empresta, troca ou tem em depósito, COM INTUITO DE LUCRO, original ou cópia de obra intelectual, fonograma ou videofonograma, produzidos ou reproduzidos com violação de direito autoral, PORTANTO SÓ É VIOLAÇÃO DA LEI OU SEJA “PIRATARIA” QUANDO HÁ INTENSÃO DE LUCRO!
    Vejam o linck: http://cristaoshoje.blogspot.com/2010/07/pirataria-e-lei-brasileira.html

    Que Deus Abençoe a todos!

  7. Rev Ronaldo Bezerra de Oliveira e Souza disse:

    Irmãos ,

    interessante estes comentários sobre PIRATARIA … realmente é errado dentro dos padrões da PALAVRA DE DEUS e sendo errado nos padrõres de DEUS não devemos praticar , mas pra que ofender com palavras tão agrassivas ( bandido , traidor ) a um irmão em JESUS CRISTO ?
    O mundo está cheio de coisas ilegais e devemos ter cuidado com tudo isto … como alguém citou , no computador , na TV , nos Cd’s e DVD’s , camisetas com etiquetas falsas , etc …
    CREIO SER ESTA PALAVRA EXPOSTA IMPORTANTE PARA TODOS NÓS … todos nós !

    No JORNAL DE NOSSA IGREJA – IPB – BRASIL PRESBITERIANO – setembro de 2011 – saiu um artigo interessante intitulado – POSSO FAZER CÓPIA DE PARTITURAS ? O autor presb Ricardo de Abreu Barbosa é também advogado que conclui dizendo : LOGO , DAREMOS BOM TESTEMUNHO E AGIREMOS COM COERÊNCIA CRISTÃ SE PASSARMOS A DAR MAIOR ATENÇÃO AOS DIREITOS AUTORAIS REALTIVOS ÀS OBRAS UTILIZADAS EM NOSSOS SERVIÇOS DE CULTO AO NOSSO DEUS .

    Lembremo-nos irmãos : na multidão de conselhos há sabedoria …
    Que bom que podemos pensar , né mesmo ?
    QUE O SENHOR NOSSO DEUS SEJA GLORIFICADO ATRAVÉS DE NOSSAS BOAS OBRAS .

    rev ronaldo bezerra

  8. Josué disse:

    Olá

    Estou iniciando um projeto chamado “Não Furtarás” para ajudar as pessoas que desejam se libertar dessa prática errônea, que é a pirataria, mas que não vêm saídas práticas porque dependem dos softwares, por exemplo, para estudar, trabalhar e etc.

    Gostei do artigo e gostaria de pedir permissão para repostá-lo no meu blog, com as devidas referências.

    Att.,
    Josué

  9. Bruno Dutra disse:

    Excelente artigo, só vem a confirmar uma postura que tomei a algum tempo em relação a pirataria.

    Bem verdade que houve um ou outro deslize, mas para honrar a DEUS, tenho me policiado neste tema.


Deixe um comentário

Para garantir a publicação de seu comentário, respeite nossa política de uso que você pode conhecer clicando aqui.

Antes de nos dizer que não podemos julgar, clique aqui e descubra que não só podemos como devemos.

XHTML: Você pode usar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>