Sobre Ronaldo Bezerra

Rev. Ronaldo Bezerra de Oliveira e Souza é ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil (jubilado por invalidez) em Vitória – ES, e é um ferrenho defensor do Evangelho de Cristo.

biografia de Ronaldo Bezerra

Espaço reservado

Aguarde nosso Videocast

O nosso olhar

07,nov,2010 por Ronaldo Bezerra

Nosso olhar cristão

“Ninguém, depois de acender uma candeia, a põe em lugar escondido, nem debaixo do alqueire, mas no velador, a fim de que os que entram vejam a luz. São os teus olhos a lâmpada do teu corpo; se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; mas, se forem maus, o teu corpo ficará em trevas. Repara, pois, que a luz que há em ti não sejam trevas. Se, portanto, todo o teu corpo for luminoso, sem ter qualquer parte em trevas, será todo resplandecente como a candeia quando te ilumina em plena luz.” (Lc 11.33-36)

Este texto destaca para nós a importância de nossos olhos, de nosso olhar. Diz-nos a Palavra de Deus que nossos olhos precisam ser bons e não podem ser contaminados. Isto é de suprema importância nos dias atuais, quando tanta porcaria é oferecida aos nossos olhos. Precisamos ter coragem e sermos fortes o suficiente para não expormos os nossos olhos a tanta pornografia e porcaria que nos é ofertada na TV, na Internet, no Cinema, nos Jornais e Revistas, nas Bancas de Revista em exposição e tantos outros lugares. Nossos olhos serão capazes de manter o nosso corpo em luz ou levá-lo às trevas, pois é exatamente assim que nos ensina a Palavra de Deus no texto que lemos, no versículo 34. A Bíblia nos fala de três formas de olhar que farão muita diferença em nossas vidas:

Primeira forma – devemos olhar para a frente e não para trás: Veja o que nos ensina o Senhor Jesus Cristo no Evangelho de Lucas:

“Indo eles caminho fora, alguém lhe disse: Seguir-te-ei para onde quer que fores. Mas Jesus lhe respondeu: As raposas têm seus covis, e as aves do céu, ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça. A outro disse Jesus: Segue-me! Ele, porém, respondeu: Permite-me ir primeiro sepultar meu pai. Mas Jesus insistiu: Deixa aos mortos o sepultar os seus próprios mortos. Tu, porém, vai e prega o reino de Deus. Outro lhe disse: Seguir-te-ei, Senhor; mas deixa-me primeiro despedir-me dos de casa. Mas Jesus lhe replicou: Ninguém que, tendo posto a mão no arado, olha para trás é apto para o reino de Deus.” (Lc 9.57-62)

O que Jesus Cristo nos ensina aqui é apenas a expressão da realidade. Quem já teve o privilégio de ver alguém arar a terra com arado puxado a animal, entenderá perfeitamente o que diz o Senhor Jesus Cristo. O olhar para trás quando se lança a mão do arado é perigoso e pode gerar acidente fatal ao operador. Além do mais o operador pode sair do caminho em que deve permanecer. Aqueles que são lavados no sangue de Jesus Cristo derramado na cruz do calvário são novas criaturas e as coisas velhas passaram e eis que tudo se fez novo. O cristão não tem porque ficar olhando o que fez, como fez, com quem fez, a não ser para consertar o mau praticado, para pedir perdão e retribuir quatro vezes mais como fez Zaqueu, o publicano. O próprio Deus diz em Sua Bendita Palavra que lança os nossos pecados no mais profundo dos abismos para deles não mais se lembrar. Isto faz nova a nossa vida em Cristo Jesus  Isto nos permite começar de novo, independentemente da idade, porque nascemos de novo.

Lembro-me de uma frase que via sempre na moto do professor Eide, lá em nossa cidade natal:  “Hoje é o amanhã que tanto nos preocupou ontem! Vivamos o hoje irmãos, olhando para o hoje, cheios de esperanças pelo amanhã, sabendo que Jesus Cristo carregou o nosso ontem na cruz do calvário. Ante-ontem, foi sexta-feira, dia em que Jesus Cristo Morreu, foi crucificado, mas hoje é domingo, o dia de Sua ressurreição. Dia de Vitória. Não vamos ficar olhando para o ontem, não vamos ficar olhando para trás.

Diz-nos o autor de Hebreus: prossigo para o alvo… olhando para o Autor e Consumador de nossa fé… Jesus Cristo! É hora de continuarmos a nossa caminhada, seguindo em frente, olhando para a frente, esquecendo as dores e os dissabores do ontem. Veja por favor comigo:

“Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus. Considerai, pois, atentamente, aquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos fatigueis, desmaiando em vossa alma.”(Hb 12.1-3)

Segunda forma – devemos olhar para cima e não para baixo: Olhar para baixo é sempre muito perigoso. O cristão deve andar ereto e com o seu olhar fixo no Pai, que está nos céus. Veja comigo por favor:

“Então, ordenou Jesus: Tirai a pedra. Disse-lhe Marta, irmã do morto: Senhor, já cheira mal, porque já é de quatro dias. Respondeu-lhe Jesus: Não te disse eu que, se creres, verás a glória de Deus? Tiraram, então, a pedra. E Jesus, levantando os olhos para o céu, disse: Pai, graças te dou porque me ouviste. Aliás, eu sabia que sempre me ouves, mas assim falei por causa da multidão presente, para que creiam que tu me enviaste. E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora! Saiu aquele que estivera morto, tendo os pés e as mãos ligados com ataduras e o rosto envolto num lenço. Então, lhes ordenou Jesus: Desatai-o e deixai-o ir.”(Jo 11.39-44)

Irmãos , como é importante aprendermos a olhar para os céus. As coisas dos céus, do alto, nos são reveladas na Palavra de Deus; a vontade de Deus nos é revelada na Palavra, que veio lá do alto para nós. Quem olha para baixo vai continuar se machucando e machucando as pessoas em sua volta. O Salmista nos ensina no Salmo 121, que com certeza você conhece de cor:

“Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra. Ele não permitirá que os teus pés vacilem; não dormitará aquele que te guarda. É certo que não dormita, nem dorme o guarda de Israel. O SENHOR é quem te guarda; o SENHOR é a tua sombra à tua direita. De dia não te molestará o sol, nem de noite, a lua. O SENHOR te guardará de todo mal; guardará a tua alma. O SENHOR guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre.”

Irmãos, no alto da cruz está aquele que deu a sua vida expontaneamente por nós: Jesus Cristo. Se não olharmos para o alto do morro não vamos enxergar a sua cruz, e aquele que não enxergar a cruz de Cristo e o que Ele fez por nós ali naquela cruz, não terá vida abundante, de forma alguma. Vamos nos lembrar um pouquinho do descrito no livro de Números:

“Então, partiram do monte Hor, pelo caminho do mar Vermelho, a rodear a terra de Edom, porém o povo se tornou impaciente no caminho. E o povo falou contra Deus e contra Moisés: Por que nos fizestes subir do Egito, para que morramos neste deserto, onde não há pão nem água? E a nossa alma tem fastio deste pão vil. Então, o SENHOR mandou entre o povo serpentes abrasadoras, que mordiam o povo; e morreram muitos do povo de Israel. Veio o povo a Moisés e disse: Havemos pecado, porque temos falado contra o SENHOR e contra ti; ora ao SENHOR que tire de nós as serpentes. Então, Moisés orou pelo povo. Disse o SENHOR a Moisés: Faze uma serpente abrasadora, põe-na sobre uma haste, e será que todo mordido que a mirar viverá. Fez Moisés uma serpente de bronze e a pôs sobre uma haste; sendo alguém mordido por alguma serpente, se olhava para a de bronze, sarava.” (Nm 21.4-9)

Nessa porção bíblica, o povo olhava para trás – para o egito. O povo olhava para baixo – para a falta de pão e de água.  O povo não olhou para cima, não olhou para onde pode vir o seu socorro. Deus não nos fez irmãos, a nós cristãos, para andarmos olhando para baixo, pois o nosso socorro vem do alto.

Terceira forma – devemos olhar para fora e não para dentro: Vivemos dias em que somos ensinados a olhar para dentro de nós mesmos, a olharmos para o nosso eu e saber que eu mereço ser feliz. O resto não importa. Vivemos dias de egoísmo profundo e os “evangélicos” estão sendo ensinados a não serem “calda mas cabeça” estão sendo ensinados a “exigir de deus seus direitos” (deus foi escrito com letra minúscula de propósito, porque este não é O DEUS SENHOR DOS SENHORES E REI DOS REIS, de forma alguma). Na verdade, estamos vendo todos os dias, ensinarem aos “evangélicos”, a visão de Marta em Jo 11.39: “Disse-lhe Marta, irmã do morto: Senhor, já cheira mal, porque já é de quatro dias”.

Olhe irmão, para dentro de si, veja as suas necessidades, veja os seus sonhos a serem realizados por deus, veja sua família, veja sua auto-estima… olhe para você, olhe para o seu interior e suas necessidades… O que Marta viu? Viu a morte, viu o fétido, viu o que cheira mal e assim é todo aquele que fica olhando para dentro de si mesmo e esmiuçando procurando “chifre na cabeça de cavalo”.

O Olhar de Maria no entanto foi diferente , pois ela olhou para fora, olhou para Jesus Cristo e disse conforme JO 11.32: “Senhor, se estiveras aqui, meu irmão não teria morrido.”  Olhar para fora, irmãos, é enxergar impossibilidades sendo solucionadas, é vislumbrar a Deus agindo na salvação das pessoas, é  caminhar como justo pela fé, é aspirar a vida eterna com Deus e não tesouros que serão corroídos pela traça ou ferrugem. Olhar para dentro é falar como falaram no versículo 37 de Jo 11 : “não podia Ele , que abriu os olhos dos cegos , fazer com que Lázaro não morresse?” Só conseguiam estes homens olhar dentro do sepulcro, olhar a dor da família de Lázaro. Só conseguiam olhar para dentro e se esqueceram e desconheceram totalmente o poder e o amor dAquele que olha para  fora, para cima e para a frente: Jesus Cristo. Irmãos, que nossos olhos sirvam-nos como lâmpada do corpo, para que nosso corpo seja bom e que aprendamos conforme a Palavra de Deus a olhar para a frente, para cima e para fora.

3 Comentários para " O nosso olhar "

  1. João Carlos Ferreira Batista disse:

    Obrigado irmão por esse texto,como o irmão mesmo asseverou:”devemos olhar para frente e não para trás”;a dias eu venho passando por tribulações,creio que essas tribulações é o resultado de eu estar “olhando para trás”,esse texto foi muito esclarecedor,amém.

    A paz do Senhor Jesus!

    • Rev Ronaldo Bezerra de Oliveira e Souza disse:

      Irmão João ,

      A PALAVRA DE DEUS SEMPRE NOS ABENÇOA ….
      Que Deus continue a nos usar para a SUA GLÓRIA !

      rev ronaldo

  2. João Carlos Ferreira Batista disse:

    Obrigado,pastor,eu conheci também a radio fidelidade é uma benção de Deus!
    vou estar orando pelos irmãos!

    A paz do Senhor Jesus!!!


Deixe um comentário

Para garantir a publicação de seu comentário, respeite nossa política de uso que você pode conhecer clicando aqui.

Antes de nos dizer que não podemos julgar, clique aqui e descubra que não só podemos como devemos.

XHTML: Você pode usar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>